BLOG DAS SERVAS

  • Helena T. Rech

2020 chegou, trazendo o COVID-19 | TEMPO DE PANDEMIA – 4 |

Junto com o COVID-19, 2020 chega com um forte convite – “recolherem-se”! “Fica em casa” é a palavra de ordem e desafiadora para quem não quer compreender o que está acontecendo de verdade. Recolher-se para mudar o mundo. Uma "gripezinha” que mudou o mundo todo: as relações, a economia, o mundo do mercado, a forma de comunicar-se e relacionar-se com as pessoas, as tecnologias, a ciência, as religião, a saúde, a família...

Vivemos um processo de mudanças profundas em nossas vidas! Recolher-se para mudar o mundo: o ar volta a ser mais puro, os mares mais límpidos e transparentes para que seus habitantes possam “respirar” e mostrar-se de forma encantadora aos nossos olhos. Golfinhos desfilam nas águas fazendo acrobacias parecendo balé pela leveza com que deslizam nas águas do mar. As tartarugas chegam às praias. A poluição do ar despede-se aos poucos e pode-se contemplar o amanhecer límpido e lindo... o por do sol pondo-se num horizonte maravilhoso. As crianças que pouco viam e céu e as estrelas por causa da poluição, desligam-se de seu celular e contemplam com os pais o céu estrelado, o por do sol... Será que estou delirando? Sonhando acordada? ou fantasiando o que é tão sério?

Não. Pois na verdade os mais afetados nesta pandemia fomos nós, os humanos, para aprendermos que somos iguais. Não existe arrogância, ganância , superioridade... o nosso planeta está respirando e mostrando-se num processo gradativo de revitalização. Ele não precisa de nós para mostrar suas maravilhas e equilíbrio. Nós é que precisamos dele para sobreviver.

Nós adoecemos e rompemos nosso equilíbrio – humano-psíquico-espiritual-físico. Adoecemos por uma compulsão neurótica de ter, poder, fazer, correr, acumular... competir... poluir... Quantos milhões de toneladas de lixo produzimos!!!

É tempo de re-conectar-nos conosco, com a vida, com as pessoas, com Deus, com nossa interioridade, com nossa “Mãe Terra”.

Esse lugar onde pulsa o amor, a vida, a paz, a harmonia, as novas relações existe. É dentro de nós! Basta buscar! É a nossa essência! Conecte-se!

Faça de sua vida e dos acontecimentos uma meditação, uma viagem para dentro de seu coração. Contemple o significado, o valor, o sentido de cada acontecimento, sem julgamento moral. Simplesmente deixe-se “tocar”... deixe-se ser quem é.

Hoje há tantos Edifícios altos, estradas e rodovias longas que nos levam e ligam a tantos lugares, porém constatamos tantos pontos de vistas estreitos e tão pequenos.

Temos tantos conhecimentos, doutorados, pós-doutorados, mas tão pouco discernimento, pouca abertura para aprendermos a ler a vida e aprender com ela e os acontecimentos. O que estamos aprendendo com este tempo de pandemia? que o mundo, o Planeta, a economia, a política, as religiões, as mortes, os povos vulneráveis... nos ensinam?

Tantos investimentos, “bolsas de valores”, dólares, euros, ouro, carros importados de última geração... mas “valores humanos” tão reduzidos. Falamos muito e amamos tão pouco...

Somos capazes de atravessar os espaço e chegar à Lua, a Marte... mas não atravessamos a rua para conhecer um vizinho; ou descemos e subimos elevadores todos os dias e não sabemos quem é o vizinho do apartamento ao lado.

Temos e conquistamos tanto espaço exterior, e pouco espaço interior; temos mais liberdade, menos alegria, paz... Casas lindas, mansões perfeitas feitas som medida, projetadas ao nosso gosto, mas muitos lares desfeitos.

Precisamos de respiradores artificiais para sobreviver, de "quarentena" para cuidar-nos do vírus...

E neste tempo vivenciando a liturgia de Pentecostes. São 50 dias onde respiramos os dons e o “sopro” do Espírito Santo. Ao respirar, respire longa e profundamente... respire o “sopro” da Santa Ruah... o sopro vital de Deus, da simplicidade, da ternura, do amor pleno de energia. É o amor do Deus Criador que vai respirar; aquele amor que lhe formou no ventre de sua mãe e no cuidado carinhoso de seu pai.

Aprenda a respirar em cada flor, não na poluição, assim não precisará de “respirador mecânico”. Respire o ar puro, é de graça. Aprenda a voar com cada pássaro; em seu interior existem asas. Procure amar a sabedoria, ela está em todos os lugares. Não precisa procurá-la fora, ela está em você.

Ao visitar o seu “jardim secreto”, procure aquela arvore onde um dia seu pai fez um lindo balanço para você. Contemple o lugar de sua infância, juventude... Sente-se no seu jardim, respire fundo e balance seu corpo e sua vida... acorde dentro de você as coisas bonitas que vivenciou e vivencia ... e,

faça de sua vida, dos acontecimentos atuais, desafios, sonhos, preocupações, uma meditação e uma viagem para dentro de seu coração”.

Reze e traga à sua contemplação as pessoas contaminadas pelo vírus, as famílias que sofrem com a perda dos seus, os que não são cuidados, os que passam fome... a solidariedade e a compaixão são o caminho de Jesus e nosso como discípulas/os Dele. Amém.

Ir. Helena T. Rech STS

Festa de Pentecostes, 31/05/2020

irhelenasts@gmail.com

0 visualização

Links Recomendados

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone

Fale Conosco

Rua Barão do Bom  Retiro, 559

Engenho Novo - CEP 20715-002

Rio de Janeiro - RJ

Tel. (21) 2501-7583

Copyright 2020 | Servas da Santíssima Trindade | Web design: www.artifices.com.br