Links Recomendados

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone

Fale Conosco

Rua Barão do Bom  Retiro, 559

Engenho Novo - CEP 20715-002

Rio de Janeiro - RJ

Tel. (21) 2501-7583

Copyright 2020 | Servas da Santíssima Trindade

 

/Notícias/
Novembro de 2016
DNJ nas Comunidades Ribeirinhas
A Comunidade do Caiambé, Paróquia Divino Espírito Santo na Prelazia de Tefé, coração do Amazonas, fez acontecer o Dia Nacional da Juventude (30/10/16), reunindo jovens da comunidade da matriz com os jovens da comunidade do Caiambé, ambas ribeirinhas. Os jovens viajaram duas horas e meia de barco para o evento. Foi um dia em que os jovens marcaram presença e participaram ativamente das atividades. O encontro foi organizado e coordenado pelas Servas da Ssma Trindade em missão na Prelazia e residentes em Caiambé. Irmã Maria Aparecida, a postulante Erica Santos, junto com os/as jovens da comunidade do Caiambé animaram esse momento.  
 
“É algo que a gente não mensura. A vocação missionária está dentro do ‘ser Caju’, é um serviço que fazemos com muito amor. É uma das melhores formas que encontro para levar ao mundo a Alegria da Ressurreição de Cristo”, explica Aline Sotão, uma das coordenadoras do grupo de Assistência Missionária da Comunidade Caju.  A Caju desenvolve o trabalho de evangelização realizando celebrações eucarísticas, formações sobre a Palavra e a vida na Igreja, além de trabalhos lúdicos com as crianças da região.
 
A missão abraçada pelos leigos tem transformado muitas realidades. Mudança que se percebe no jeito de dona Altamira Pimentel, aos 64 anos de idade, contar como a construção de uma pequena capela em uma palafita mudou o seu cotidiano. Dona Altamira, vizinha da capela, é a responsável pelos cuidados com a ermida.  “Antes as missas eram feitas na minha casa, agora recebemos as visitas. Eles nos ensinam a rezar, a viver melhor pra Deus”, a senhora só interrompe a conversa com a chegada de Erick, de 7 anos,  um de seus oito netos: “Bença vó!”. “Deus te acompanhe meu filho”, responde ela com um sorriso no rosto. E assim a evangelização segue de geração em geração.
 
Para o bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém, Dom Teodoro Mendes, a presença da Igreja nas regiões mais distantes é caminho para a dignidade. “Todo este trabalho inclui a promoção humana. A Igreja também assume como parte de sua missão a defesa da justiça, da integridade, da criação. Onde o povo estiver, a Igreja tem que se fazer presente”, afirma.  Dom Teodoro conta ainda que não se trata de um trabalho de assistência. “O que seria destas comunidades sem esses momentos? Isso os ajuda a crescer e a assumir o seu protagonismo local para que caminhem com seus próprios pés”, destaca.
 
http://jovensconectados.org.br/jovens-levam-o-evangelho-e-dignidade-a-comunidades-ribeirinhas-do-para.html 

"A PEC 241 é injusta e seletiva", afirma CNBB em nota 

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou nesta quinta-feira, dia 27 de outubro

Religiosos e Religiosas de todo o Brasil, reunidos em Brasília, dizem não à PEC 241

Nós, Religiosos e Religiosas, de 61 Institutos,  abaixo assinados, representantes da Conferência Nacional dos Religiosos, de todas as regiões do Brasil bem como membros da Equipe Missionária Interinstitucional,  reunidos em Brasília nos dias 21 a 23 de outubro, para tratar do tema do trabalho missionário em rede, entre as diferentes Congregações Religiosas da Igreja Católica, para melhor responder aos desafios do contexto sócio, político, econômico e religioso que nos envolve, queremos manifestar a nossa indignação e repúdio com relação a PEC 241. 

  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
  • Wix Google+ page