BLOG DAS SERVAS

A importância da Bíblia e a Comunidade

“Palavra, verbo de Deus que se fez carne

Palavra tenda de Deus no meio do povo

Palavra que se espalha entre os pobres

PALAVRA que faz nascer a COMUNIDADE.”

(Ir. Rosa Maria sts, Salmo da Palavra)



Refletir na importância da Bíblia e a comunidade, podemos ousar dizer que a Palavra é inerente à comunidade. As palavras expressas no verso do Salmo da Palavra nos interpela a pensar que não é possível a formação/existência de uma comunidade sem a prática das orientações que a Bíblia nos oferece. Pois sabemos que, ser cristã/o no mundo de hoje, não é uma tarefa fácil. Os desafios do dia a dia, as provações, as distrações, as novas tecnologias e tantos outros atrativos, tentam nos desfocar a todo momento, nos distanciar da fé e dos valores cristãos (cf. Cl 3, 14). A PALAVRA ilumina, conduz, conforta, anima, orienta, dá vida, reúne e sustenta as pessoas. (cf. Hb 10, 21-25). Jesus de Nazaré desde o inicio de sua missão investiu na comunidade. Ele mesmo constituiu uma comunidade e trabalhou intensamente para que esta chegasse ao ágape.

A Palavra alimenta a vida em todas as suas dimensões! A Palavra de Deus, por excelência, toca o mais profundo do ser humano, provocando transformações, encorajando na luta por justiça, dignidade e igualdade humana.

A Palavra que se fez tenda de Deus no meio do povo. Tendo presente uma grande parcela das comunidades do interior do nosso país, em especial, as comunidades ribeirinhas na região Amazônica têm como alimento e sustento na caminhada, a BIBLIA. São comunidades que tem a Eucaristia uma ou duas vezes por ano, as mesmas mantem-se perseverantes ao redor da MESA do PÃO da PALAVRA (At 2, 42-46). A Bíblia é parte da comunidade; da mesma forma, a comunidade sente-se inserida na Bíblia, pois, a caminhada do povo contida nos relatos da Sagrada Escritura, ilumina e sustenta a vida e a caminhada das comunidades (cf. Is 9, 1-2; Mt 4, 16-17). Revela que Deus caminhou e caminha com seu povo. Em meio aos desafios, a Palavra é luz que inspira sabedoria e conduz à ação concreta, isto é, a vivência da Palavra. “Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, luz para o meu caminho” (cf. Sl 119,105).

A Palavra inclui todos os filhos/as de Deus no mundo em suas mais diversas condições, elimina preconceitos, valoriza cada pessoa na sua realidade, envolve a todos com ternura e amor. Ou seja, desde que a Palavra de Deus ouvida, refletida, internalizada e, consequentemente, colocada em prática. É Jesus que diz: “Se alguém me ama guarda minha palavra e meu Pai o amará e a viremos e n’Ele faremos morada” (Jo 14,23).

Como filhos/as de Deus somos criados/as para viver em comunidade. A Trindade, a “melhor comunidade” nos interpela a construir comunidade através de relações humanizantes pela riqueza da partilha de dons, talentos que cada pessoa trás em seu ser.




19 visualizações